#% de Avanço

(Percentual de Avanço)

O percentual de avanço, em especial quando atrelado somente a duração das atividades, é o principal meio pelo qual 9 em cada 10 cronogramas são conferidos em relação ao progresso de um projeto e talvez seja um dos instrumentos mais perigosos de gerar uma falsa percepção dos avanços reais de um projeto.

Este assunto será abordado em momento oportuno com maiores detalhes.

#Atividade Já Realizada (Parcela) A parcela já realizada de uma Atividade ou Fase corresponde à representação no Gantt das áreas gráficas a esquerda da Linha de Status.
#Atividade Crítica Atividades Críticas em Projeto são aquelas de menor folga (normalmente zero) em uma rede, de forma a serem a maior sequência a ser realizada entre o início e término de um projeto e por consequência determina o menor tempo calculado de um projeto.
#Atividade Não-Crítica Atividades Não-Críticas poussem folga para sua realização em relação ao Caminho Crítico, mas podem em momentos distintos se tornarem atividades críticas (como resultado de atrasos, alterações em sequências, entre outros).
#Código Eap O Código EAP é uma numeração hierárquica que representa Fases e Atividades em relação ao Projeto.
#Código O Código é uma numeração (id, id exclusiva, sequência numéria ou alfa-numérica) que tem uma atividade ou fase correspondente e é a base pela qual se criam dependências entre atividades (predecessoras e sucessoras)
#Duração Em Dias (Acumulado) Os campos de duração no Spider possuem uma separação em Duração por Dia ou Por hora (no MS-Project é um campo único), pelo qual se registram os tempos previstos para a realização de atividades. A quantidade de horas em um dia depende do calendário atribuído a atividade e também sofre o efeito do calendário do recurso. Valores acumulados denotam a duração total prevista e já realizada no projeto.
#Duração Em Dias (Realizado) A duração realizada corresponde ao total de horas/dias já mensurados no histórico do projeto.
#Duração Em Dias (Restante/Replanejado) A duração restante ou replanejada corresponde a parcela ainda não realizada de uma duração de uma atividade.
#Data de Início É a data imposta ou calculada de início de uma atividade ou fase com base ao reflexo de restrições e dependências no cronograma.
#Data de Término É a data imposta ou calculada de término de uma atividade ou fase com base ao reflexo de restrições e dependências no cronograma.
#Escala de Tempo A Escala de Tempo é uma medida ajustada pelo usuário para verificar graficamente o avanço de atividades em um projeto.
#Marco de Projeto O Marco de Projeto é um item identificador de um ponto de controle entre atividades, de duração igual a zero.
#Legenda do Gráfico A Legenda do Gráfico (no caso Custo e Custo Linha de Base) é o descritivo textual dos parâmetros utilizados em um gráfico.
#Linha de Base (do Marco de Projeto) A Linha de Base do Marco do Projeto é em nosso exemplo uma marca em “cor salmão” do Marco de Término ou Início do Projeto que identifica a data originalmente prevista na Linha de Base.
#Linha de Base e Desvio A Linha de Base e Desvio no gráfico exemplo corresponde a parcela do gráfico já mensurado (lado esquerdo da linha de status) e contém as Curvas-S do Custo Planejado e efetivamente realizado.
#Linha de Status A linha de status relaciona o ponto de controle em um projeto onde as datas anteriores devem corresponder a atividades já executadas (lado esquerdo da linha) e as datas posteriores devem corresponder ao replanejamento necessário à conclusão do projeto.
#Links entre Atividades Os links entre Atividades podem ser obrigatórios ou arbitrários, podem também manter um relacionamento TI (Término-Início), TT (Término-Término), IT (Início-Término) ou II (Início-Início) entre atividades.
#Marcações de Linha de Base As marcações de Linha de Base (no caso tempo) corresponde a uma marcação em “cor salmão” (no exemplo) da situação original do projeto, permitindo uma avaliação visual do deslocamento do projeto em função de sua realização atual.
#Nível de Eap (Fases) Os níveis de EAP (ou Fases) são agrupadores de atividades baseados na decomposição de um projeto em partes menores. O último nível de uma EAP é normalmente chamado de Tarefa-Resumo, Fase ou Pacote de Trabalho.